Login | Registar


Resultados por Página:
10 20 50 100

Como viajar com cachorro para Inglaterra

Quem tem animais de estimação sabe que o “se mudar” não é tão simples como parece. Acontece que a falta de informação aliada aos mitos contribui para que o receio e o medo tomem conta de quem é dono de algum pet e pretende morar na Inglaterra. Hoje vou contar como viajar com cachorro para a Inglaterra através de um relato pessoal.

Por conta da minha profissão, surgiu a oportunidade de passar algum tempo na Inglaterra. Porém, esse tempo não seria o mesmo se eu tivesse que ficar longe da minha família, leia-se: minha esposa, minha filha e “minhas filhas” de quatro patas. Então surgiu a ideia de fazermos a viagem em duas etapas, a primeira de avião e a segunda de carro.

Como sei que não fui o primeiro e nem serei o último ser humano do mundo que é dono de animais de estimação a ir de mala e cuia para a terra da Rainha Elizabeth, quero falar sobre como viajar com cachorro para a Inglaterra de maneira detalhada e com a melhor das intenções, especialmente de poder clarificar algumas dúvidas, desvendar os mistérios e sanar os medos.

Documentação para entrada de pets no Reino Unido

A lista com a documentação para a entrada de animais no Reino Unido é (por enquanto que o BREXIT não aconteceu) bastante simples, confira:

Para entrar com seu pet (cachorro, gato ou furão) no Reino Unido você precisa que ele(a):

  • seja microchipado;
  • possua um passaporte* para animais de companhia ou um certificado veterinário oficial de um país terceiro**;
  • seja vacinado contra a raiva – que também vai precisar de um exame de sangue se você estiver viajando de um ‘país não listado***’;
  • no caso dos cães, é necessário também ter um tratamento de tênia (comprimido).
Passaporte Animal de Companhia
Passaporte Animal de Companhia. Foto: Amanda Corrêa.

No site do governo inglês as informações são bastante claras e caso você descumpra os requisitos, seu animal de estimação pode ser colocado em quarentena por até quatro meses ou até ter a sua entrada recusada. Vale lembrar que você será responsabilizado por quaisquer taxas ou cobranças.

*passaporte: no passaporte estão os detalhes de propriedade do animal. O dono precisa assinar a seção I se o passaporte for emitido em ou após 29 de dezembro de 2014. Nele estarão informações como a descrição do animal, a marcação ou identificação de vacinação contra a raiva, teste de sangue da raiva (se necessário), detalhes do veterinário emissor do passaporte (para passaportes emitidos a partir de 29 de dezembro de 2014) e o tratamento de tênia do seu cão (se necessário).

**país terceiro: o Reino Unido entende como país terceiro os países da União Europeia.

***país não listado: países não pertencentes à União Europeia.

No site do governo do Reino Unido você encontra todas as definições e lista de países.

Descubra as melhores cidades para morar na Inglaterra.

Viagem de avião, de carro ou através de empresas

Como vivo em Portugal, as opções para que as minhas cachorrinhas fossem para a Inglaterra eram de avião, de carro ou contratando uma empresa para o trabalho (transporte terrestre). Veja abaixo cada opção:

Viajando de avião

Fizemos alguns orçamentos para que as nossas cachorrinhas fossem de avião e os valores variaram entre os € 1.500 (mil e quinhentos euros) e os € 850,00 (oitocentos e cinquenta euros). Elas teriam que embarcar em Lisboa e voariam até o Aeroporto de Heathrow em Londres.

Na opção mais barata elas viajariam juntas na mesma caixa transportadora e por isso os valores ficaram “melhores”. Importante lembrar que estou falando de duas cachorrinhas de pequeno porte (5kg e 7,5kg) da raça Shih Tzu e que os valores diferem conforme o tamanho e o peso do animal a ser transportado.

Também é importante referir que de avião, o Reino Unido só aceita que a documentação e o transporte (indo para o Reino Unido) sejam feitos através de uma empresa (com CNPJ). Pessoas físicas não estão autorizadas a embarcar rumo ao Reino Unido de avião com o seu animal de estimação (cachorro, gato ou furão). A Inglaterra exige que um agente transitário seja responsável pelo embarque de avião dos animais rumo ao país.

Conheça as melhores companhias aéreas do mundo.

Empresas que transportam animais (terrestre)

Existem diversas empresas que transportam pets para o Reino Unido. Geralmente elas organizam um carro (van) com mais animais para que os custos não sejam tão elevados. Os valores variaram entre as £ 500,00 (quinhentas libras) e £ 2.999,00 (dois mil novecentos e noventa e nove libras) e eram empresas do Reino Unido que iriam até Portugal buscá-las.

Ah, vale dizer que a empresa do orçamento de £ 2.999,00 (dois mil novecentos e noventa e nove libras) iria levar unicamente as minhas cachorrinhas, elas dormiriam no hotel com os profissionais que se comprometem a enviar fotos da viagem. É um serviço muito mais personalizado e exclusivo, por isso o valor tão elevado.

Viagem de carro para Inglaterra

Fazendo e refazendo os cálculos, entendemos que a melhor coisa a se fazer era eu ir de carro para o Reino Unido com as nossas cachorrinhas. Até porque ficaríamos com o carro na Inglaterra durante a nossa estada e os custos ficaram menores. Além de que era eu, o dono das cachorrinhas a levá-las e tendo a certeza do cuidado e tratamento com elas.

Foram 2.300 quilômetros e quatro países (Portugal, Espanha, França e Inglaterra) de distância entre a nossa cidade em Portugal até a cidade de destino na Inglaterra.

Estradas da Espanha
Estradas da Espanha. Foto: Cláudio Abdo

Custos da viagem para Inglaterra com cachorro

Para decidirmos que ir com as meninas (nossas cachorrinhas) de carro era a melhor opção, levamos em consideração os custos que teríamos com combustível, pedágio, alimentação, hospedagem e Eurotúnel. E, ainda assim, os custos foram bem menores, confira abaixo:

Combustível

O meu carro é a gasolina (sim, eu prefiro carro a gasolina já que no meu dia a dia faço curtas distâncias e um carro a diesel não compensa em relação a manutenção) e consome, em média, 1 litro de gasolina para cada 13 quilômetros e pouco. Então, numa conta rápida, eu gastei quase quatro tanques de combustível já que o meu carro comporta 45 litros no tanque.

DICA: como não conhecia a estrada e na Europa (via de regra) não existem postos de combustível nas autoestradas a cada poucos quilômetros como no Brasil por exemplo, eu nunca deixava o carro ficar com menos de meio tanque. Então, fazia 300 quilômetros (mais ou menos) e parava para abastecer. Sem contar que era o tempo que eu calculava para que as minhas cachorrinhas descessem, fizessem xixi, cocô e dessem uma voltinha.

No total da viagem gastei € 202,00 (duzentos e dois euros) de combustível de Portugal até a Inglaterra.

Pedágios

Estradas Espanha
Fronteira Portugal e Espanha. Foto: Cláudio Abdo.

Os custos com pedágio em Portugal são de chorar e o país conta com dezenas de praças de pedágio. Claro, as autoestradas são um tapete, mas você paga caro para rodar nelas. Na Espanha (por onde eu passei) quase não tem pedágio e peguei apenas dois no norte do país (País Basco) nos valores de: € 2,61 (dois euros e sessenta e um cêntimos) e € 13,77 (treze euros e setenta e sete cêntimos).

Aí, quando achei que não precisaria pagar tantos pedágios assim, cheguei na França e… “voilà”. Pedágios e mais pedágios. Ah, e para matar a saudade de Portugal eles são bem caros e estão por toda a parte. Também vale dizer que a França está para a Europa como Minas Gerais está para o Brasil. Resumindo é o seguinte: você roda, roda e roda e continua na França e, se um dia você passou Minas Gerais de carro, entenderá o que eu quero dizer.

Na Inglaterra não existem tantos pedágios e eu não precisei passar por nenhum no trajeto que fiz.

No total gastei € 121,00 (cento e vinte um euros) de pedágio de Portugal até a Inglaterra.

Veja também como alugar carro na Europa.

Alimentação

Não gastei muito com alimentação, especialmente porque estava viajando sozinho (só eu e as minhas cachorrinhas), então levei lanche e fui comendo pelo caminho. Também comprei algumas latas de energético, Coca-Cola e garrafas de água em Portugal e fui bebendo. Comer e beber nos postos das autoestradas costuma ser bem caro, então evitei isso e economizei uma boa grana.

Para as minhas cachorrinhas eu comprei alguns petiscos leves e fui dando conforme elas tinham fome. Sempre oferecia água dentro do carro (potinho encaixado no console com água à vontade para elas) e nas paradas oferecia ração, petiscos e mais água. Obviamente que elas preferiam os petiscos ao invés da ração. ????

Descubra como é morar em Portugal.

Hospedagem

Aqui, por erro, gastei mais do que precisava e explico. Como não conhecia a estrada, não sabia exatamente que horas ia sair de Portugal (porque as meninas passaram no veterinário antes de partirmos) e a distância era grande, fiquei com receio de não chegar no destino onde havia marcado o hotel. Então, para não “perder”, acabei gastando mais do que precisava por não reservar com antecedência.

Fiz um roteiro para 2 dias de viagem (1.150 quilômetros rodados por dia) e me programei para dormir em Bordeaux, na França. Dito e feito. Só que quando cheguei em Bordeaux (uma e muito da madrugada), os hotéis estavam lotados e não existiam recepcionistas de plantão nos mais baratos.

Roda daqui e dali, acabei indo dormir no hotel Mercure no centro de Bordeaux. Era o único com vaga e que aceitava pet naquela hora. Paguei € 169,00 (cento e sessenta e nove euros) sendo: € 139,00 (hospedagem) + € 8,00 cada cachorro (€ 16,00) + € 10,00 (estacionamento) + € 4,00 (taxa de hospedagem da cidade).

Passagem pelo Eurotúnel

Para atravessar pelo Eurotúnel (Eurotunnel)de carro o valor foi de € 185,00 (cento e oitenta e cinco euros), sendo € 133,00 (cento e trinta e três euros) o carro + € 26,00 (vinte e seis euros) por pet (€ 52,00).

Vale ressaltar que o valor varia muito conforme a data e o horário escolhido para fazer a travessia, porém como a experiência de passar o Eurotúnel com as minhas cachorrinhas foi sensacional eu dediquei um texto somente para falar disso como atravessar o Eurotúnel de carro.

Custos totais da viagem de carro de Portugal até a Inglaterra

Fiz uma lista com os custos totais da viagem para Inglaterra para que você consiga ter uma ideia, confira:

  • Combustível: € 202,00 (duzentos e dois euros)
  • Pedágio: € 121,00 (cento e vinte e um euros)
  • Alimentação: € 30,00 (trinta euros)
  • Hospedagem: € 169,00 (cento e sessenta e nove euros)
  • Eurotúnel: € 185,00 (cento e oitenta e cinco euros)
  • Total: € 707,00 (setecentos e sete euros)

Quanto custa levar um pet para a Inglaterra

Excluindo os custos de transporte, que variam conforme a sua escolha (carro, avião ou empresa), os valores para levar um pet para a Inglaterra são os seguintes:

  • Passaporte: € 12,00 (doze euros) por animal – valor médio e que depende de quanto cada veterinário cobra
  • Vacina da Raiva: € 34,00 (trinta e quatro euros) por animal – valor médio e que depende de quanto cada veterinário cobra
  • Desparasitação: € 5,00 (cinco euros)
  • Atestado de saúde para a viagem: € 20,00 (vinte euros)
  • Total:  € 71,00 (setenta e um euros) por animal

O BREXIT e a entrada de animais no Reino Unido

Por conta das inúmeras mudanças políticas e diversos cenários envolvendo o BREXIT, as dúvidas são imensas. No site do Governo do Reino Unido a informação que consta é a de que o processo que hoje é rápido e bastante agilizado para quem quer levar o seu pet de algum país da Europa para o Reino Unido poderá levar até quatro meses.

O melhor é aguardar para ver em quais condições a saída do Reino Unido da União Europeia se dará, pois se for da pior maneira os prazos podem aumentar. Caso seja “mais na boa” a tendência é que as diretrizes e prazos sejam mais leves e menos sentidos para quem pretende entrar com animais de estimação no Reino Unido.

Diferenças para quem viaja com pet do Brasil para a Inglaterra

Existem muitas diferenças para quem viaja com pet do Brasil para a Inglaterra. No meu caso, estava em um país europeu e iria para outro, porém se você vem de fora da União Europeia as autoridades inglesas são mais exigentes. Nós já escrevemos sobre isso e vale a pena dar uma conferida: viajar com animais de estimação para Europa.

Dicas e cuidados

Um checklist não faz mal a ninguém e a dica é: FAÇA UM CHECKLIST DE VIAGEM. Especialmente no caso de viajar com pet, nada pode ser esquecido e todo e qualquer documento pode significar o sucesso ou o fracasso ao entrar na Inglaterra. Obviamente que os seus documentos também são importantes e por mais que não exista um policiamento ostensivo, eu fui abordado pela polícia em um pedágio na França e é bom estar com tudo em dia.

Viajar de carro por quatro países europeus foi uma experiência sensacional e que valeu cada minuto. A segurança, a qualidade das estradas, a infraestrutura nas paradas são dignas de filme. Se você, assim como eu, gosta de dirigir, fazer uma viagem dessas é visitar o paraíso.

Nômade pelo mundo: conheça a brasileira que viajou por 33 países e tem o mundo como casa.

*Para obter descontos de até € 41,00 euros na sua hospedagem pelo Airbnb, acesse o nosso voucher de desconto.

*Para alugar um carro na Europa, nós recomendamos o site Rentalcars, ele compara os preços de diversas locadoras e você consegue economizar bastante.

vagaspelomundo.com.br