Porta Lusa

       
Login | Registar


Resultados por Página:
10 20 50 100

Ana Có

 

Nasceu em Lisboa e é a co-fundadora e diretora do Little Portugal. Como afro-descendente, Ana quer incluir a voz da comunidade africana de língua portuguesa neste projeto. Ana é apaixonada por inclusão social e liderança juvenil e espera poder levar o que aprendeu no exterior para Portugal e Guiné-Bissau. Ana trabalha para uma instituição de caridade inter-religiosa em Londres.

 

De onde és? Nasci e cresci em S.João do Estoril, Cascais. Os meus pais imigraram da Guiné-Bissau para Portugal em 1986. Eu e os meus irmãos nascemos e crescemos todos em Cascais e foi aí que fomos criados. Mesmo que não tenham tido acesso ao ensino superior, os nossos pais sempre nos motivaram a correr atrás dos nossos sonhos, e fizeram sempre os possíveis e impossíveis para nos apoiar, lembrando-nos sempre das nossas origens. Portugal está no coração e Guiné-Bissau esta na alma.

Qual é a tua profissão? Coordenadora de workshops que se focam no diálogo inter-religioso. Trabalho com uma organização não-governamental que tem como objetivo criar espaços onde pessoas de todos os tipos de religiões, crenças e fés se possam encontrar e conhecer uns aos outros. Este método permite criar laços de empatia, mas tambem destrói barreiras e estereótipos que contribuem para ideias racistas, não tolerantes

Há quanto tempo vives no Reino Unido? Estou no Reino Unido há 8 anos. Vim para o Reino Unido em Setembro de 2010 estudar Ciências Políticas e Relações Internacionais na Universidade de Kingston. Na altura, tinha entrado no curso de Direito na Universidade de Lisboa mas a minha vontade de conhecer o Mundo e culturas diferentes chamou mais alto.

O que te levou a trocar Portugal pelo Reino Unido? Primeiro foi por querer estudar num ambiente internacional. Tendo visitado Londres em férias no ano anterior, fiquei com vontade de conhecer a cidade mais a fundo. E, tendo estudado no Estados Unidos da América durante 1 ano como estudante de intercâmbio através do programa AFS-Intercultura, queria continuar a explorar o Mundo e a continuar a conhecer novas culturas. Londres foi a escolha mais acertada que podia ter feito. Não só pela quantidade de pessoas e culturas que por aqui andam, mas também pelas oportunidades profissionais que oferece.

Como é que o projecto little portugal começou? e quais os objectivos? quem são as caras do little portugal? qual é o teu papel no Little Portugal?
O Little Portugal Project começou com duas amigas que queriam ampliar a voz da comunidade de língua Portuguesa no Reino Unido. Tinhamos imensa curiosidade em saber quem são os 35 mil Portugueses que, de acordo com o estudo 'The Portuguese-speaking Community in Lambeth: A Scoping Study', residem em Londres. Mas, mais vontade tinhamos de conhecer e partilhar as suas histórias. Numa altura em que o Reino Unido, não sabia se ficava ou saía da União Europeia, nós queriamos dar aos Londrinos e Britânicos a conhecer os falantes de língua Portuguesa que tanto contribuem para o Reino Unido. Ao começar este projeto, esperamos estar a enaltecer a história, cultura e a língua Portuguesa.

Qual foi a entrevista que mais gostastes de fazer? É difícil dizer. Toda os entrevistados teem uma história diferente para contar. O que mais gosto durante o processo é de conhecer as pessoas e de saber mais sobre os seus sucessos e desafios por que passaram. Todas as pessoas que entrevistamos acabam por nos inspirar de uma maneira ou de outra.

Que celebridade ou personalidade gostarias de entrevistar? Adoraria entrevistar a Oprah. Acho-a uma mulher inspiradora, espiritual e cheia de garra. é uma grande inspiração, ver uma mulher negra com muito successo na carreira que tem mas, que mesmo assim não se esquece dos outros e faz os possíveis para ajudar quem mais precisa. Outra pessoa que adoraria entrevistar é o José Neves, fundador e CEO da Farfetch, um ecommerce de moda nacional e internacional. Adoro moda, mas acho a ideia em si muito inovadora e gostaria de saber o percurso que o encaminhou para o mundo online da moda.

O que mais gostas no Reino Unido? O que mais gosto no Reino Unido, mais especificamente em Londres é o facto de haver tanta diversidade. O facto de entrar numa sala e poder encontrar pessoas de todos os cantos do Mundo. Sim, é muito cliché, mas é mesmo verdade. Outra coisa que adoro em Londres, é tanta opção de comidas do Mundo. É impossível escolher ás vezes, mas como me farto das mesmas comidas fácilmente, não me importo ter tantas opções.

 

Venha conhecer o Projecto Little Portugal

Fotos: Carolina Mesquita