Login | Registar


Resultados por Página:
10 20 50 100

Coronavírus e Brexit: Ingleses fecham negócios de luxo com a Christie’s para irem viver para o Algarve

Braço português da imobiliária, que está em Londres a revelar os melhores investimentos em Portugal, diz não sentir qualquer abrandamento nos contactos e até já teve que antecipar uma escritura, a pedido de um cliente britânico, para uma moradia de luxo no Algarve.

O divórcio formal entre o Reino Unido e a União Europeia, a que acresce o surto do novo coronavírus, tornou turbulentas as apostas dos investidores neste país, com Portugal a surgir como um dos melhores investimentos imobiliários na Europa.  

Este sábado, 7 de março, a Luximos Christie’s, braço português da imobiliária internacional de imóveis de luxo Christie’s, que pertence à leiloeira com o mesmo nome, está em Londres para apresentar imóveis de luxo em Portugal, nomeadamente do Algarve, Porto e Norte de Portugal, assim como todas as condições favoráveis à vida no nosso país.

Uma apresentação integrada no evento "Your Overseas Home", dedicado a potenciais clientes que querem investir numa propriedade dentro da Europa mas fora do Reino Unido, que decorre numa unidade hoteleira situada no bairro artístico de Hammersmith e onde a delegação da Luximos Christie’s promete "explicar tudo o que encerra um novo estilo de vida num país que tem sol durante quase todo o ano".

"Temos cerca de 120 pessoas que compraram bilhetes para falar connosco, interessados em investir em Portugal", garantiu ao Negócios Ricardo Costa, CEO da Luximos Christie’s.

"Não sentimos qualquer abrandamento de contactos de clientes compradores, nem nacionais nem estrangeiros", afirmou.

E contou-nos esta história: "Ontem mesmo um cliente britânico pediu-nos para antecipar a escritura de uma moradia de luxo num ‘golf resort’ no Algarve, para vir para cá quanto antes por causa do coronavírus".

O cliente em causa "tinha feito contrato de promessa compra e venda para escriturar em maio, mas contactou-nos a pedir para antecipar a escritura para a próxima semana, pois quer ir o quanto antes para o Algarve", detalhou o CEO da Luximos Christie’s.

 

"Face a outros países da Europa, as pessoas sentem que estão, efetivamente, mais seguras em Portugal", rematou Ricardo Costa.

jornaldenegocios.pt