Login | Registar


Resultados por Página:
10 20 50 100

Boris Johnson vai voltar a propor eleições antecipadas na segunda-feira

O governo conservador de Boris Johnson vai voltar a tentar, na próxima segunda-feira, que a câmara dos Comuns aprove uma moção para convocar eleições antecipadas, declarou o ministro dos Assuntos Parlamentares e brexiteer radical, Jacob Rees-Mogg, falando esta quinta-feira ao Parlamento.

Rees Mogg, que esta semana foi criticado por se ter praticamente deitado nos bancos da câmara dos Comuns, é um dos principais aliados de Boris Johnson e é líder do think tank eurocético European Research Group (ERG). Em dezembro de 2018, foi ele o autor de uma falhada moção de censura interna no Partido Conservador contra a ex-primeira-ministra Theresa May.

Na quarta-feira à noite, o Parlamento chumbou a ideia de eleições antecipadas, proposta por Boris. O primeiro-ministro britânico não conseguiu o voto favorável de 434 deputados, ou seja, uma maioria de dois terços do Parlamento.

O anúncio de Rees-Mogg surgiu depois de Jo Johnson, irmão do primeiro-ministro britânico, ter comunicado de manhã que abandona o cargo de secretário de Estado da Economia, da Energia e da Estratégia Industrial e o lugar de deputado por Orpington, a circunscrição pela qual tem sido eleito pelos conservadores ao longo dos últimos nove anos.

dn.pt