Porta Lusa

       
Login | Registar


Resultados por Página:
10 20 50 100

Tusk apela a 'máximo' progresso nas negociações do Brexit até à cimeira do dia 18

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, sublinhou hoje a urgência de se avançar “ao máximo” com as negociações do ‘Brexit’, em vésperas de uma cimeira considerada decisiva para os termos do divórcio do Reino Unido.

“Precisamos de fazer o máximo progresso para o Conselho Europeu de outubro”, disse Tusk, numa conferência de imprensa, acrescentando que “agora que a congresso do Partido Conservador [britânico] terminou, devemos concentrar-nos no trabalho”.

O presidente do Conselho, que falava após um encontro com o primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, adiantou ainda que a União Europeia (UE) ofereceu a Londres um acordo que qualificou como “Canada+++” muito abrangente no que respeita a trocas comerciais e cooperação nas políticas de segurança interna e política externa.

“A UE quer seriamente alcançar o melhor acordo possível”, reiterou, Tusk.

Sobre a questão irlandesa, e com Varadkar a seu lado, lembrou a necessidade de preservação do processo de paz na Irlanda do Norte, adiantando que a UE não desistirá de procurar uma solução que respeite o Acordo de Sexta-feira Santa (que em 1998 pôs fim ao conflito entre as Irlandas), bem como a integridade do mercado único e da união aduaneira.

Os 27 reúnem-se para um jantar no dia 17 para debater o ‘Brexit’, continuando os trabalhos no dia seguinte -- já com o Reino Unido presente -- no sentido de se chegar a um acordo sobre os termos da saída, marcada para dia 29 de março de 2019.

dnoticias.pt